A Itália, campeã em 1968, parte hoje como favorita no embate com a Áustria, dos oitavos de final, num dia em que a Dinamarca e o País de Gales também lutam por uma vaga nos ‘quartos’.

A equipa transalpina chega a esta fase depois de três vitórias no Grupo A, com sete golos marcados e nenhum sofrido, tendo pela frente a Áustria, segunda classificada do Grupo C, apenas batida pelos Países Baixos.

Os italianos não perdem há 30 jogos, igualando um recorde que vinha da década de 1930, e estão sem sofrer golos há 11 partidas, podendo, caso a Áustria fique em 'branco', bater uma marca de 1.143 minutos com a baliza inviolada conseguido entre 1972 e 1974.

O encontro entre Itália e Áustria disputa-se no Estádio de Wembley, em Londres, às 20:00.

No outro encontro do dia, às 17:00, na Johan Cruijff Arena, em Amesterdão, nos Países Baixos, a Dinamarca, que venceu o Euro1992, joga com o País de Gales, semifinalista em 2016, quando foi afastado por Portugal no acesso à final.

Os nórdicos terminaram o Grupo B na segunda posição, atrás da Bélgica, adversária de Portugal nos ‘oitavos’, enquanto os britânicos ficaram atrás da Itália na ‘poule’ A.

Portugal, campeão europeu, defronta a Bélgica, líder do 'ranking' FIFA, no domingo, às 20:00, em Sevilha, Espanha.

Saiba tudo sobre o Euro2020: fotos, vídeos, infografias, notícias e reportagens

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.