Em declarações ao Funke, Jens Kleinefeld, um dos médicos que socorreu Christian Eriksen no passado sábado, revelou as primeiras palavras do internacional dinamarquês depois de ser reanimado.

"Cerca de 30 segundos depois [de começarem as manobras de reanimação] o jogador abriu os olhos e falei diretamente com ele. Foi um momento comovente, porque nestas situações as hipóteses de sucesso são mínimas. Perguntei-lhe, em inglês, 'estás novamente connosco?'. Ele respondeu: 'Sim, estou de volta... só tenho 29 anos'", conta o médico.

"Foi quando soube que o cérebro não estava danificado e que tinha regressado totalmente. No estádio fiquei com 99 por cento de certeza de que ele chegaria ao hospital e permaneceria estável", acrescenta Jens Kleinefeld.

Recorde-se que Eriksen teve uma paragem cardíaca e esteve clinicamente morto alguns segundos, sendo reanimado com desfibrilhador, revelou após a partida Morten Boesen, médico da seleção dinamarquesa.

O jogo foi inicialmente suspenso pela UEFA, mas recomeçou cerca de duas horas depois, após Eriksen dizer aos seus colegas que estava bem. A partida terminou com a vitória finlandesa por 1-0.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.