O Varzim venceu o Sporting B, por 2-1, em partida 36.ª jornada da 2.ª Liga portuguesa, na qual os poveiros foram, no cômputo geral, superiores. Pedro Sá, ainda na primeira parte (41 minutos), colocou os nortenhos em vantagem e, apesar de Zezinho ainda ter restabelecido o empate, no início do segundo tempo (55), Stanley, a 15 minutos do final, apontou o tento que deu os três pontos ao Varzim.

Os poveiros começaram a justificar o triunfo com uma melhor entrada no jogo, tomando conta das operações e deixando os primeiros avisos à defesa leonina, com remates de Cherif e Pedro Sá.

O Sporting, que tinha o técnico João de Deus na bancada, devido a castigo, apostava, nesta fase, no contra-ataque, mas sentia dificuldades na construção ofensiva no último terço, só esboçando o seu primeiro remate, já perto da meia hora, por Cristian. Nesta toada, acabou por não surpreender que o Varzim materializasse em golo o seu ascendente, quando, aos 41 minutos, Pedro Sá desviou de cabeça um livre de Nelsinho, fixando o 1-0 com que se chegou ao intervalo.

O descanso fez bem aos jovens leões, que regressaram ao desafio de forma mais assertiva, vendo o seu esforço premiado, aos 55 minutos, com um golo de cabeça de Zezinho, que tinha entrado ao intervalo.

A igualdade veio dar um renovado alento ao Sporting, que surgia então mais solto, perante um Varzim que tinha perdido o fulgor do primeiro tempo e recuava em demasia.

No entanto, a falta de objetividade dos lisboetas permitiu aos donos do terreno recuperarem, paulatinamente, o controlo das operações e mostrarem-se mais próximos do golo, nomeadamente em duas perdidas incríveis de Elísio e Nelsinho.

O esforço dos poveiros acabou, no entanto, por dar frutos aos 75 minutos, quando Nelsinho desmarcou Stanley, que, no frente a frente com o guardião Guilherme Oliveira, levou a melhor e fixou o 2-1.

Nos últimos minutos, e já com expulsão do capitão do Varzim Nelsinho, por acumulação de amarelos, o Sporting ainda tentou o tudo por tudo, mas acabou por não ter a clarividência nos momentos decisivos, não evitando o desaire.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.