O Friburgo ‘destroçou’ hoje o Borussia Moenchengladbach, com os visitantes a golearam por 6-0, num resultado fixado ainda na primeira parte, em jogo da 14.ª jornada da Liga alemã de futebol.

A equipa, que recuperou hoje o quarto lugar na ‘Bundesliga’, vinha de uma série de três derrotas, com Bayern Munique, Eintracht Frankfurt e Bochum, e nem os prognósticos mais otimistas podiam prever a meia dúzia de golos.

O resultado foi construído com golos de Eggestein (dois minutos), Schade (cinco), Lienhart (12), Hofler (19), Holer (25) e Schlotterbeck (37), e já após a hora de jogo, o treinador Christian Streich geriu e foi fazendo mudanças.

Para o Moenchengladbach, que em outubro até tinha goleado o Bayern Munique na Taça da Alemanha (5-0), foi a pior derrota da época, já depois de na última semana ter perdido por 4-1 com o Colónia, e na segunda ronda por 4-0 com o Bayer Leverkusen.

Também hoje, Estugarda e Hertha Berlin empataram 2-2, num jogo em que a equipa da casa esteve a vencer por 2-0, com golos de Marmoush (15) e Forster (19), e os visitantes igualaram, com um ‘bis’ de Jovetic (40 e 76).

Os dois emblemas mantêm-se ligeiramente acima do ‘play-off’ de manutenção e da zona de descida, com o Hertha a ser 14.º e o Estugarda (15.º).

A 14.ª jornada da Liga alemã ficou marcada pelo ‘Der Klassiker’ entre Borussia Dortmund e Bayern Munique, que os bávaros venceram (3-2), distanciando-se na liderança, agora com mais quatro pontos, e pelo despedimento de Jesse Marsch no Leipzig.

A equipa do português André Silva, vice-campeã alemã em 2020/21, mas esta época com novo treinador, tem dado uma pálida imagem, e depois de voltar a marcar passo nesta ronda, com uma derrota na visita ao Union Berlin, é 11.ª classificada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.