Desde que viu Cristiano Ronaldo, aos 17 anos, o treinador Laszlo Boloni confessa que sempre teve fé no sucesso do internacional português.

"Não sabia que ia ser um dos melhores da história mas que, sem lesões, seria muito bom. Na altura perguntaram-me e eu disse que poderia superar Figo, até Eusébio, e isso trouxe-me problemas, porque são como deuses em Portugal, e comparar um jovem com deuses... No entanto, demonstrou que eu estava certo", disse o técnico, numa entrevista ao jornal espanhol Marca.

O treinador de 67 anos analisou ainda um possível final de carreira para o português de 35 anos.

"Ninguém pode dizer até onde chegará. Tem outra qualidade - a mentalidade própria de um gladiador. é muito forte, mas quer sempre mais. Trabalha muito, tem um físico privilegiado. Se não se lesionar terá ainda mais uns anos", referiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.