As autoridades detiveram esta quinta-feira, em Marvila, Lisboa, o suspeito do ataque à Academia de Alcochete que, ontem, se colocou em fuga depois de uma ida ao médico.

Elton Camará é um dos 44 acusados no âmbito do ataque à Academia de Alcochete que terá de responder pelas suspeitas do crime de terrorismo, ameaça agravada, sequestro e ofensa à integridade física qualificada, e aguardava julgamento em prisão domiciliária, com vigilância através de uma pulseira eletrónica.

Segundo as informações avançadas pela TVI24, 'Aleluia', como também é conhecido Elton Camará, ausentou-se para uma consulta médica, com a autorização do Tribunal do Barreiro, acabando por não regressar a casa no tempo previsto.

Durante o tempo que esteve em fuga, o arguido permaneceu sempre com a pulseira, ao contrário do que, esta quarta-feira, tinha sido avançado.

O suspeito será agora presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Almada durante a tarde desta quinta-feira e poderá ver a medida de coação anterior agravada devido à fuga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.