O tenista britânico Andy Murray, líder do ‘ranking’ mundial, qualificou-se esta quarta-feira para a terceira ronda do Open da Austrália, primeiro ‘Grand Slam’ do ano, depois de vencer o russo Andrey Rublev, 152.º do circuito.

Murray, que nunca venceu o Open da Austrália, embora tenha chegado à final em 2010, 2011, 2013, 2015 e 2016, superiorizou-se a Rublev, proveniente do torneio de qualificação, por 6-3, 6-0 e 6-2, em uma hora e 36 minutos.

Na terceira ronda, Murray defrontará o norte-americano Sam Querrey, 32.º da hierarquia, naquele que será o oitavo frente a frente entre os dois jogadores. O britânico parte em clara vantagem, com seis vitórias e apenas uma derrota.

Este terceiro dia do quadro masculino ficou também marcado pela eliminação do croata Marin Cilic, sétimo do ‘ranking’ mundial.

Cilic, que tem no currículo um torneio do ‘Grand Slam’, o Open dos Estados Unidos de 2014, perdeu com o britânico Dan Evans, número 51 do mundo, em quatro ‘sets’, pelos parciais de 3-6, 7-5, 6-3 e 6-3.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.