A seleção portuguesa masculina de ténis de mesa juntou-se hoje à feminina nos quartos de final dos Campeonatos da Europa de equipas, após vencer a República Checa por 3-0, em Malmo, na Suécia.

Depois de o conjunto feminino ter afastado a Croácia, por 3-1, o grupo masculino, quarto do ranking europeu e oitavo do mundial, repetiu o feito ante um conjunto menos bem contado, 13.º no ‘Velho Continente’ e 25.º internacional.

Tiago Apolónia, 49.º do ranking mundial, bateu Lubomir Jancarik, 91.º, por 3-0, com os parciais de 11-6, 11-9 e 11-7.

No segundo desafio, Marcos Freitas (19.º) superiorizou-se facilmente a Pavel Sirucek (416.º) por 3-0, designadamente por 11-8, 11-2 e 11-3.

No encontro final, João Geraldo (45.º) defrontou Tomas Polansky (144.º), a quem ganhou por 3-1, com parciais de 11-5, 11-8, 5-11 e 11-8.

Horas antes, Shiao Jieni venceu os seus dois desafios e Fu Yu um, enquanto a jovem Inês Matos perdeu o único encontro do triunfo por 3-1 sobre a Croácia.

Na sexta-feira, a equipa masculina, campeã da Europa em 2014, vai defrontar o vencedor do embate entre Dinamarca e Roménia, enquanto a feminina, prata em 2019 e bronze em 2021, encontrará as ganhadoras do desafio entre Suécia e Polónia.

As duas seleções portuguesas já garantiram a presença nos Campeonatos do Mundo, que vão decorrer em fevereiro de 2024, em Busan, na Coreia do Sul.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.