Os canoístas portugueses conquistaram hoje mais dois lugares em finais principais dos europeus, em Belgrado, na Sérvia, pelo que vão disputar um total de sete no domingo, além de três finais B.

Depois de Fernando Pimenta abrir o dia com o terceiro título europeu em K1 1.000 metros, Hélder Silva (C1 200) e Teresa Portela e Joana Vasconcelos (K2 200) conseguiram qualificar-se para as respetivas finais principais.

Em C1 200, Hélder Silva foi terceiro nas eliminatórias, em 38,196 segundos, e segundo na primeira meia-final, em 39,958, enquanto em K2 200, Portela e Vasconcelos ‘saltaram’ da primeira eliminatória para a final, ao vencerem a segunda série, em 37,453.

As duas canoístas lusas também vão disputar a final de K2 500, que haviam garantido na sexta-feira, dia em que Fernando Pimenta selou um lugar na final de K1 500 e João Ribeiro, Messias Baptista, Emanuel Silva e David Varela na de K4 500.

A seleção lusa vai ainda estar representada nas finais diretas de K1 5.000, com Fernando Pimenta, campeão mundial em 2017 e europeu em 2016, e C1 5.000, com Marco Apura.

Por seu lado, Francisca Laia (K1 200), quinta na primeira ronda e sexta na primeira meia-final, e Hugo Rocha, quarto na eliminatória inaugural e quinto na terceira meia-final, disputam as respetivas finais B. Hugo Silva disputa a de C1 500.

Ainda na jornada de hoje, e além do ouro de Fernando Pimenta, Bruno Afonso e Marco Apura ficaram no oitavo e último lugar na final de C2 1.000 metros, com 3.34,880 minutos. Em C2 200, foram sétimos na primeira ronda e sextos na primeira meia-final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.