O português Fernando Pimenta admitiu hoje que uma pancada a meio da prova de K1 5.000 metros o pode ter afastado da luta pela medalha de ouro no Europeu de canoagem, mas garantiu estar satisfeito com a prata.

“Fiz uma boa largada, sabia que tinha de me colocar na frente, porque ia haver muita confusão. A meio da competição, o bielorrusso bateu no norueguês e esse bateu em mim, levei uma forte pancada na traseira”, explicou Pimenta em declarações à RTP.

O canoísta português, que já tinha conquistado duas medalhas nos Europeus que hoje terminam em Belgrado, admitiu que a pancada o impediu de lutar pelo ouro.

“Não sei se chegaria lá ou não, mas sei que estava na luta com o alemão”, afirmou Fernando Pimenta, que concluiu a prova com mais 10,830 segundos do que Max Hoff, que revalidou o título europeu, com o tempo de 20.38,790 minutos.

O bielorrusso Alehuy Renia, que terminou a prova a 16.1410 segundos do germânico, arrecadou o bronze.

Fernando Pimenta, que já tinha alcançado o ouro em K1 1.000 metros, e o bronze na prova de K1 500, garantiu estar “satisfeito com a medalha de prata, ainda por cima conquistada no Dia de Portugal”.

O atleta do Benfica, que soma 16 medalhas em Europeus, mostrou-se também feliz com a medalha de ouro conseguida pouco antes por Teresa Portela e Joana Vasconcelos em K2 200 metros, afirmando: “A equipa está toda de parabéns, é muito bom termos conseguido quatro medalhas”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.