O canoísta português Fernando Pimenta realçou hoje a sua evolução em K1 500 metros, distância na qual conquistou a medalha de bronze no campeonato da Europa, em Belgrado, um dia depois de se ter sagrado tricampeão em K1 1.000.

"Acho que foi um excelente resultado, depois de no ano passado ter estado à rasca para chegar à final, hoje consegui disputar a medalha de ouro até aos últimos momentos, só tenho de estar contente com o meu trabalho e o da federação", afirmou o atleta do Benfica, em declarações à RTP.

O canoísta natural de Ponte de Lima cumpriu a distância em 1.37,393 minutos, a 0,995 segundos do vencedor, o checo Josef Dostal, e a 0,060 do ucraniano Oleh Kukharyk, terceiro.

"Foi uma prova espetacular, hoje já me estava a sentir melhor, depois de ter descomprimido do dia de ontem [sábado]. Hoje as provas são para desfrutar, para dar o meu melhor, acho que consegui fazer uma excelente prova. A meio desequilibrei-me um pouco, porque quis saber onde estavam os adversários", explicou Pimenta.

O atleta do Benfica, que liderou a primeira metade da prova, conquistou a sua 15.ª medalha em Europeus - quatro de ouro, quatro e prata e seis de bronze – e vai ainda disputar hoje a final em K1 5.000 metros, distância na qual detém o título mundial.

Em 2017, em Plovdiv, na Bulgária, Pimenta terminou a final de K1 500 no oitavo lugar, em 1.37,740, a 2,584 segundos do checo Jakub Zavrel.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.