Os portugueses Bruno Afonso e Marco Apura ficaram hoje no oitavo e último lugar na final A da prova de C2 1.000 metros dos Europeus de canoagem, a decorrer em Belgrado, na Sérvia.

Bruno Afonso e Marco Apura, que se qualificaram para a final principal ao vencerem na sexta-feira a sua série, em 3.46,209 minutos, cumpriram a prova em 3.34,880 minutos.

A dupla lusa ficou a 9,839 segundos dos vencedores, os alemães Yul Oeltze e Peter Kretschmer, que conquistaram a medalha de ouro com o registo de 3.25,041.

Antes, na primeira final de duas finais do dia com canoístas portugueses, Fernando Pimenta sagrou-se tricampeão europeu em K1 1.000 metros.

O atleta do Benfica cumpriu a prova, que liderou do princípio ao fim, em 3.29,200 minutos, batendo o húngaro Balint Kopasz, segundo, a 280 milésimos de segundo, e o alemão Max Rendschmidt, terceiro, a 2,320 segundos.

Fernando Pimenta já tinha conquistado o título na mesma prova em 2016 (Moscovo) e 2017 (Plovdiv) e o bronze em 2011 e 2015. Em Europeus, soma mais quatro medalhas individuais, em K1 5.000, uma de ouro (2016), duas de prata (2013 e 2017) e uma de bronze (2014).

Em Europeus, o canoísta de Ponte de Lima conta mais quatro medalhas em K4 1.000 metros e uma em K2 500, para um total de 14 ‘metais’ – cinco de ouro, quatro e prata e cinco de bronze.

O mais galardoado português de sempre na canoagem ganhou ainda uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos, em K2 1.000 metros, com Emanuel Silva, em Londres2012, e cinco em Mundiais, uma delas de ouro, em K1 5.000 (2017).

Em Belgrado, Pimenta, que ainda soma duas medalhas de prata nos Jogos Europeus, em 2015, pode aumentar o seu currículo, pois ainda compete domingo na final de K1 500 metros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.