“O eneacampeonato é um feito histórico e, como tal, temos vivido e festejado este momento com bastante intensidade e em família, visto que somos um grupo forte e unido. Vivemos de vitórias e, por isso, só temos um pensamento: continuar a ganhar o máximo de títulos possível e a fazer história no hóquei em patins. Depois dos festejos, vamos continuar a jogar para vencer, de forma a manter a credibilidade da prova, dado que há muitas equipas que têm lugares em disputa e que merecem todo o nosso respeito. Além do mais, ainda temos provas muito importantes a conquistar, pelo que temos de manter o nosso nível competitivo”, afirmou o hoquista portista, em declarações ao site oficial do clube azul e branco.

O FC Porto já se sagrou campeão na última jornada, ao vencer a Oliveirense por 5-7 e tem neste momento 17 pontos de vantagem sobre a Juventude de Viana, segunda classificada.

 Sobre o adversário que se segue, a equipa de Barcelos, André Azevedo afirmou que impõe respeito: “O Óquei de Barcelos é um histórico do hóquei em patins, com uma massa adepta bastante forte e um novo treinador. Antevejo um jogo difícil, contra uma equipa que está a atravessar uma boa fase – a prova disso foi a mais recente vitória sobre o Benfica. Espero que esta partida seja mais uma festa e que consigamos trazer mais três pontos”.

FC Porto desloca-se ao pavilhão do Óquei de Barcelos, em jogo da 22.ª jornada, este sábado às 18 horas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.