O golfista sul-africano Thristan Lawrence venceu o Joburg Open, depois de o primeiro torneio da temporada do DP World Tour ter sido reduzido a duas voltas no Randpark GC, em Joanesburgo, onde Stephen Ferreira acabou por ser o melhor português.

O torneio pontuável para o Sunshine Tour e DP World Tour já tinha sido reduzido a 54 buracos, na sexta-feira, devido ao aparecimento de uma nova variante do covid-19 e para facilitar o regresso em segurança dos jogadores, ‘caddies’ e staff aos seus países de origem, mas este sábado o mau tempo dificultou a progressão da jornada e a organização optou por encerrar a prova ao final da segunda volta.

Depois da chuva intensa deixar algumas zonas do campo impraticáveis e a trovoada suspender a competição, a organização atribuiu os prémios e o troféu com base nos resultados registados ao final dos 36 buracos, sagrando-se assim campeão Thristan Lawrence, com 130 pancadas (65+65), 12 abaixo do Par e quatro ‘shots’ de vantagem sobre o compatriota Zander Lombard, segundo classificado.

Entre os quatro portugueses a jogar na África do Sul, Stephen Ferreira, o único a concluir a segunda volta hoje, foi o melhor com um agregado de 141 pancadas, após entregar um primeiro cartão com 68 ‘shots’e um segundo com 73.

Ricardo Melo Gouveia terminou, empatado, no 57.º lugar do ‘leaderboard’ com um total de 143 pancadas (71+72), Ricardo Santos integrou o lote de 71.ºs classificados (75+69) e Pedro Figueiredo despediu-se na 126.ª posição (75+80), empatado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.