O ex-jogador de basquetebol norte-americano Dennis Rodman anunciou hoje que vai viajar para Singapura para prestar aos seus “amigos” - o presidente dos EUA e o líder da Coreia do Norte – “todo o apoio necessário”.

Na sua conta oficial na rede social Twitter, Rodman escreveu “vou voar para Singapura para a cimeira histórica”, que está marcada para terça-feira. “Vou prestar todo o apoio necessário a Donald Trump e ao marechal Kim Jong-un”, anunciou o emblemático ala ‘pivot’ dos Chicago Bulls nos anos 1990.

Para dar mais impacto ao anúncio da sua viagem, Rodman incluiu na sua mensagem uma montagem fotográfica, em que aparece sorridente, com óculos de sol e vestido com as suas habituais roupas excêntricas, rodeado por Trump e Kim, sob as bandeiras de ambos os países.

Segundo explicou, o custo das viagens fica por conta dos seus patrocinadores, entre as quais uma especializada no negócio das cripto moedas na indústria da canábis.

Questionado na quinta-feira sobre este tema, Trump respondeu que Rodman não estava entre os convidados para a cimeira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.