A seleção angolana sénior masculina de basquetebol pode consumar, já esta noite, o tão almejado apuramento ao mundial de 2019, quando defrontar a "fragil" formação tchadiana no fecho da segunda jornada do grupo E, no pavilhão Multiusos do Kilamba, na capital do país.

Depois da exibição inaugural de ambas, sexta-feira, a presença na copa asiática de agosto próximo é quase certa, por parte de Angola, não obstante a necessidade de se respeitar ao máximo o adversário.

O histórico e a capacidade técnico-individual de cada equipa traduzem uma ideia do que virá a ser o desfecho da partida.

A dependerem somente de dois pontos, Willian Voigt e comandados querem já a arrumar a questão, por formas a que não tenham pressão, domingo, no fecho do torneio ante a Tunísia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.