A seleção portuguesa de andebol passa a depender de si para passar à fase principal do europeu de andebol, que decorre na Hungria e na Eslováquia.

Portugal beneficiou da ajuda da Islândia que acaba de vencer a Hungria por 31-30, num jogo que estava empatado a 13 golos ao intervalo.

Assim, Portugal está obrigado a vencer, daqui a pouco, os Países Baixos por dois ou mais golos de diferença para estar na próxima fase da prova, a disputar por dois grupos de seis seleções.

A Islândia já está apurada ao terminar o Grupo B no primeiro posto com seis pontos (três vitórias em três jogos), a Hungria já está afastada da próxima fase (dois pontos). Portugal ou Países Baixos, um deles acompanhará os islandeses.

Nas duas primeiras jornadas do agrupamento, Portugal perdeu por 28-24 com a Islândia e, depois, caiu por um golo (31-30) face à anfitriã Hungria.

A passagem à fase principal, para 12 das 24 seleções presentes no Euro2022, a decorrer até 30 de janeiro na Hungria e na Eslováquia, isenta as seleções apuradas da primeira fase de qualificação para o Mundial de 2023, na Polónia e na Suécia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.