O selecionador português de andebol assumiu hoje a ambição de “lutar pelo primeiro lugar” do grupo 1 da qualificação para o Euro2024 de andebol, no qual vão defrontar Macedónia do Norte, Turquia e Luxemburgo.

"É um grupo onde, teoricamente, temos que lutar pelo primeiro lugar. A Macedónia do Norte é uma equipa forte e as restantes, teoricamente, estão abaixo do nível da nossa seleção”, explicou o selecionador, Paulo Pereira.

Portugal, que integrou o pote 1, terá pela frente no grupo 1 os macedónios, do pote 2, os turcos, do pote 3, e os luxemburgueses, do quarto pote, com os dois primeiros qualificados para a fase final, além dos quatro melhores terceiros.

A qualificação está dividida em oito grupos e arranca em outubro para determinar os 20 ocupantes das vagas que faltam para o torneio, de 10 a 24 de janeiro na Alemanha - estão já apurados o anfitrião e os três medalhados do Euro2022: Suécia (ouro), Espanha (prata) e Dinamarca (bronze).

A prioridade, considerou o técnico, é a qualificação e, depois, o primeiro lugar, mesmo que “hoje em dia as seleções estejam sempre a lutar para crescer”.

Esse crescimento faz com que Portugal tenha de “ter respeito e cautela por todos”.

A seleção portuguesa, 19.ª no último Europeu, em 2022, encontrará duas equipas sem histórico de fases finais, a Turquia e o Luxemburgo, como teoricamente mais acessíveis, e a Macedónia do Norte, 22.ª no último torneio continental.

Ao todo, são 32 as equipas em busca da qualificação, com a ‘equipa das quinas’ à procura do sétimo apuramento, o terceiro seguido, com o melhor resultado a ser o sexto lugar de 2020.

Portugal foi 10.º no último Mundial, no Egito em 2021, no qual também só participou a Macedónia do Norte, dos adversários na ‘poule’ 1, tendo terminado no 23.º.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.