Os 'encarnados' estiveram por duas vezes com vantagens de dois golos, depois dos tentos de Alfa Semedo (07 minutos), na própria baliza, e de Pizzi (15), que fizeram o 2-0, e de Radonjic, aos 28, que fez o 3-1, mas permitiram a recuperação dos vimaranenses, que chegaram aos 3-3 com golos de André André (21), Oscar Estupiñan (45+2) e Bruno Duarte (83).

Com este empate, o Benfica sobe à segunda posição, com um ponto, mas ficou em boa posição para seguir em frente, uma vez que é claro favorito para vencer na terceira jornada na receção ao Sporting da Covilhã, da II Liga, num jogo agendado para 15 de dezembro.

Veja o resumo

Enquanto os serranos estão já de fora da discussão, os vitorianos ainda têm alguma esperança de seguirem em frente, mas, para isso, precisam que o Benfica não vença na receção ao Covilhã, ou que, vencendo, o resultado seja pior do que o 2-0 registado pelo Vitória de Guimarães frente aos covilhanenses.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.