"Queremos continuar a ganhar", disse o jogador em declarações à Benfica TV, acrescentando que "a equipa está tranquila e preparada".

Urreta considerou que o essencial "é entrar com a cabeça fria" e recusou-se a analisar a equipa do Nacional, próximo adversário dos "encarnados", nesta primeira jornada da terceira fase da Taça da Liga.

O avançado uruguaio considerou que o facto de o Benfica ter goleado o Nacional na oitava jornada da Liga, por 6-1, não terá qualquer influência no jogo de domingo (18:15).

O extremo lembrou que o Benfica é o actual detentor da Taça da Liga e garantiu o empenho da equipa "em defender o título", apelando à presença dos adeptos no estádio da Luz.

O avançado considerou que os três reforços contratados recentemente - Alan Kardec, Airton e Éder Luís - podem ajudar os "encarnados": "Todos os que vêm é para bem da equipa".

No ano de 2010, Urreta gostava que o "Benfica continuasse a fazer um boa campeonato" e, a nível pessoal, queria estar presente no Mundial 2010.

"Há um Mundial em jogo. Para se ir à selecção são precisos muitos minutos e trabalho", referiu o jogador, que alinhou na selecção sub-20 do Uruguai no Mundial.

O Benfica defronta domingo o Nacional, em jogo da primeira jornada do Grupo C da Taça da Liga, que integra também o Rio Ave e o Vitória de Guimarães.

O encontro está agendado para as 18:15 e será dirigido por Olegário Benquerença, de Leiria.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.