Declarações de Ivo Vieira, treinador do Famalicão, após a derrota em Alvalade em jogo da Taça da Liga.

Análise: "O Sporting marcou dois golos e o Famalicão marcou um. O Sporting tem objetivo de chegar à final-four. Na segunda parte disse aos jogadores para fazerem o que não fizeram na primeira parte. Testámos uma estratégia num bloco médio/alto, tentámos fechar as linhas de passe e obrigar o Sporting a procurar a profundidade. Quase não nos criaram problemas no último terço. A estratégia estava bem montada. Um golo feliz do Sporting quase nos tira do jogo. A estratégia era ter mais bola e foi o que equipa não conseguiu fazer na primeira parte".

Final Four: "Não gosto muito de conquistar algo quando dependo dos outros. Gosto de conquistar as coisas pelo que a minha equipa faz. A passagem à final-four era possível ganhando o jogo ou na pior das hipóteses empatando. Não tenho grandes expetativas [para o Penafiel-Sporting]. Penso muito na minha e não desejo o resultado dos outros. Neste momento estamos em desvantagem"

Peso da derrota: "A equipa está a crescer. Marcou quatro golos à Taça e ganhou 2-0 ao Santa Clara, uma equipa que esta noite fez um resultado brilhante. Sabíamos que ia ser difícil, o Sporting é uma equipa que tem objetivo de ganhar títulos. O Sporting mereceu o 2-1. Tínhamos de fazer mais, assumo a responsabilidade. Tínhamos de procurar mais a baliza. Na primeira parte não existimos nesse capítulo nem fomos audazes com bola. O jogo não tem só 45 minutos".

Apesar da derrota, o Famalicão lidera o grupo, com três pontos, mercê da goleada (5-0) da primeira jornada sobre o Penafiel, mas o Sporting, que na terceira jornada, em 15 de dezembro, se desloca ao terreno da equipa da II Liga, ficou agora a somente um empate de seguir em frente e manter-se na defesa do título.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.