O Benfica pode conquistar na quarta-feira o 84.º título da sua história futebolística, enquanto o FC Porto tenta o 79.º, em Aveiro, no encontro que decide a 42.ª edição da Supertaça Cândido de Oliveira.

No jogo que normalmente abre a época e, desta vez, culpa da covid-19, foi adiado para dezembro, os ‘encarnados’ procuram repetir o sucesso de 2018/19 (5-0 ao Sporting) e o FC Porto dar sequência aos triunfos na I Liga e na Taça de Portugal, precisamente numa final com o Benfica (2-1).

Numa contagem ‘cega’ dos títulos, que coloca no mesmo patamar uma Taça dos Campeões e uma Supertaça ou um campeonato e uma Taça da Liga, os ‘encarnados’ totalizam 83, mais a ‘desvalorizada’ Taça Latina, e os ‘azuis e brancos’ somam 78, enquanto o Sporting, terceiro, está bem atrás, com 50.

O Benfica soma mais cinco troféus do que o FC Porto graças ao domínio exercido nos últimos sete anos, uma vez que, quando, em 10 de agosto de 2013, venceram a Supertaça, os ‘dragões’ lideravam o histórico por 74-68.

Depois desse triunfo, os ‘encarnados’ responderam com um fantástico parcial de 13 títulos contra nenhum dos ‘dragões’: quatro campeonatos, o ‘tetra’, três edições da Taça da Liga, duas da Taça de Portugal e quatro da Supertaça.

Em 2013/14, Benfica venceu campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga, e, em 2014/15, voltou a ganhar a I Liga e a Taça da Liga e arrebatou ainda a Supertaça. Jorge Jesus, que voltou esta época, chegou aos 10 ‘canecos’ e empatou o histórico.

A ‘saga’ continuou com Rui Vitória, que, em 2015/16, ganhou mais um campeonato, a Taça da Liga e a Supertaça, em 2016/17, nova edição da I Liga, a Taça de Portugal e a Supertaça, para, em 2017/18, arrebatar nova Supertaça.

Depois de longa ‘seca’, de ver o Benfica festejar 13 vezes sem resposta, para colocar o ‘score’ em 81-74, o FC Porto voltou aos títulos com a vitória na I Liga 2017/18, negando, já sob o comando de Sérgio Conceição, o ‘penta’ às ‘águias’.

Em 2018/19, os ‘dragões’ venceram a Supertaça e as ‘águias’ responderam na I Liga e, na época passada, foi ao contrário, com o FC Porto a desempatar na final da Taça de Portugal, no jogo que fechou longa época, em 01 de agosto.

O Benfica lidera em termos totais e, contando apenas provas em que é necessário derrotar mais do que um adversário, a sua supremacia é ‘esmagadora’, com 75 troféus conquistados (mais a Taça Latina), contra 56 dos portistas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.