Christian Vieri, antigo futebolista internacional italiano, está certo de que a Superliga Europeia acabará por ir mesmo avante no futuro, apesr de a primeira tentativa ter colapsado na semana passada.

"A Superliga vai acontecer. Poderá não ser hoje, mas no futuro será feito. Os clubes apenas erraram na comunicação, mas Florentino Pérez não é parvo. Sabe o que quer, mesmo que existam divergências entre os clubes", defendeu o antigo jogador em declarações numa rede social.

"Como disse Florentino Pérez, os 12 clubes ainda estão lá dentro, pois existem contratos vinculativos. Pararam para raciocinar e falar uns com os outros, mas tenho a certeza que isto ainda não está morto", acrescentou.

"As grandes equipas não querem que ninguém lhes administre o seu dinheiro. São os grandes clubes que pagam e criam as dívidas. Os melhores clubes do mundo não precisam da UEFA para gerir os seus negócios. De dois em dois anos prendem alguém da FIFA ou da UEFA", apontou ainda.

Vieri representou, ao longo da sua carreira como jogador, quatro dos clubes anunciados como fundadores da Superliga Europeia: Juventus, Inter, Milan e Atlético de Madrid.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.