O AC Milan recuperou hoje de uma desvantagem de dois golos e venceu o Hellas Verona, por 3-2, resultado que deixa a equipa do português Rafael Leão provisoriamente no topo da Liga italiana de futebol, na oitava jornada.

Em San Siro, o Verona, que teve o médio português Miguel Veloso como capitão, construiu uma surpreendente vantagem na primeira parte, com golos de Caprari, aos sete minutos, e do checo Barak, aos 24, na marcação de uma grande penalidade.

Ainda antes do intervalo, destaque para a entrada no jogo do avançado Rafael Leão, aos 36 minutos, para render o croata Rebic, lesionado.

O AC Milan acabou por construir uma segunda parte inesquecível, primeiro com Leão a participar na jogada que deu o golo ao francês Giroud, aos 59 minutos, e com o costa-marfinense Kessie, de grande penalidade, aos 76, a refazer a igualdade.

Pouco depois, aos 78 minutos, e já com veterano sueco Ibrahimovic de regresso após lesão, o AC Milan chegou ao triunfo através de um lance infeliz do alemão Gunter.

Com este resultado, o AC Milan, rival e próximo adversário do FC Porto no Grupo B da Liga dos Campeões, assumiu provisoriamente o comando da Serie A com 22 pontos, mais um que o Nápoles, agora segundo, que nesta ronda, no domingo, recebe o Torino.

Por seu lado, o Hellas Verona segue no 12.º posto, com oito pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.