Romelu Lukaku revelou como o Inter e o staff técnico de Antonio Conte lhe permitiram "atingir um novo nível", através de uma alteração completa da sua dieta alimentar.

O avançado belga revelou que desde as suas primeiras semanas em Milão começou a comer muitas saladas e parece ter-lhes 'tomado o gosto', depois de muitos lhe terem apontado o seu excesso de peso nos tempos do Everton e do Manchester United.

"Quando cheguei ao Inter analisámos o meu corpo e muita coisa mudou", explicou Lukaku em conversa num podcast oficial do Inter com o nutricionista Matteo Pincella.

"Como agora muitas saladas e peixe, o que teve um grande efeito sobre mim. Além disso, tomo L-Carnitina e suplementos vitamínicos", prosseguiu.

Lukaku deu ainda mais pormenores sobre o que vai agora comendo. "A minha dieta consiste em salada ao almoço, muito peito de frango e massa shirataki. Não vario grande coisa, porque para a forma como jogo tenho de ser muito forte fisicamente. E, desde que assumi este estilo de alimentação, sinto-me muito melhor em campo: mais reativo e mais veloz", sublinhou.

Nas vésperas dos jogos, porém, o tipo de alimentação varia "Um dia antes dos jogos 'exagero' um pouco nos carboidratos. A reidratação também é muito importante, assim como o sono, principalmente com o passar dos anos", confidenciou. O mesmo se passa a seguir às partidas. "O que faço para me recuperar após os jogos? Como carboidratos: na maioria das vezes como dois pacotes gnhocchi", disse.

Parece resultar, pelo menos a olhar para os números. Só esta temporada, no conjunto de todas as competições, Lukaku soma 24 golos e 7 assistências em 33 jogos no conjunto de todas as competições.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.