As associações de dirigentes de futebol e de enfermeiros e massagistas manifestaram apoio a Fernando Gomes na recandidatura à presidência da Federação Portuguesa de Futebol, com o dirigente a reunir agora apoios de 28 dos 29 sócios federativos.

De acordo com a assessoria da candidatura de Fernando Gomes, ANDIF – Associação Nacional de Dirigentes de Futebol e ANEDAF – Associação Nacional dos Enfermeiros Desportivos e Massagistas do Futebol são os mais recentes apoiantes do atual presidente.

A Fernando Gomes fica apenas a faltar o apoio da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), numa lista em que, de acordo com a assessoria da candidatura, 86,5 por cento dos clubes da Liga estão, a título individual, ao lado da candidatura.

“Apoiamos a recandidatura do Dr. Fernando Gomes à presidência da Federação Portuguesa de Futebol, essencialmente pelo trabalho feito nos últimos quatro anos”, disse o presidente da ANDIF, Diamantino Gonçalves.

O dirigente admitiu que nos últimos quatro anos as prioridades eram outras, mas que espera que nos próximos “a formação de dirigentes” seja “uma realidade” e que este apoio acontece pelo trabalho realizado no futebol em geral.

Já Manuel Amaral Cunha, presidente da Associação Nacional dos Enfermeiros Desportivos e Massagistas de Futebol, considera que Fernando Gomes “mexeu com o futebol nacional e internacional” e que o trabalho foi excelente.

“Na última eleição apoiámos outro candidato, mas chegámos à conclusão de que o Dr. Fernando Gomes é o melhor e, por isso, a direção da ANEDAF decidiu, por unanimidade, apoiá-lo incondicionalmente”, salientou.

As eleições para a Federação Portuguesa de Futebol realizam-se em 4 de junho, com Fernando Gomes a concorrer a um segundo mandato.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.