O avançado Elves Baldé considerou hoje que o jogo das meias-finais do Europeu de futebol de sub-19 frente à Ucrânia “não vai ser fácil”, mas garantiu que Portugal está preparado para chegar à final.

“Não vai ser fácil, mas estamos preparados. Eles não tiveram derrotas na qualificação e na fase de grupos e, entre outras equipas, afastaram a Inglaterra da competição. Temos de os respeitar", disse o jogador, em declarações à assessoria de imprensa da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O extremo português considerou a Ucrânia, que soma sete vitórias e dois empates nos últimos nove jogos, uma equipa de classe mundial e que explora bem o contra-ataque.

“Sabemos que a Ucrânia é uma equipa de classe mundial e que teremos de dar o nosso máximo para podermos estar na final. São uma equipa com uma excelente linha atacante e que explora bem o contra-ataque”, afirmou.

Hoje, no primeiro treino de preparação para o encontro de quinta-feira com os ucranianos, o selecionador Hélio Sousa dividiu o grupo de trabalho, com os titulares do jogo de domingo frente à Finlândia a fazerem trabalho de recuperação, enquanto os restantes jogadores realizaram treino de campo.

José Gomes ficou fora dos trabalhos de preparação, depois de se ter lesionado na vitória por 3-0 frente à anfitriã Finlândia, que garantiu as “meias” do Europeu e um lugar no Mundial de sub-20 de 2019.

A outra meia-final do Europeu, competição que já não conta com a campeã em título, a Inglaterra, vai colocar frente a frente, também na quinta-feira, as seleções de Itália e França.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.