Portugal defronta no sábado (17h45) o Qatar, em Debrecen, Hungria, num encontro de preparação inserido na fase de apuramento para o Mundial2022, já sem o capitão Cristiano Ronaldo, dispensado, e que deverá contar com vários futebolistas habitualmente suplentes.

O capitão Cristiano Ronaldo foi admoestado com o cartão amarelo, após tirar a camisola durante o festejo do golo que ‘selou’ o triunfo sobre os irlandeses e, uma vez que foi segundo nesta fase de apuramento, fica obrigado a cumprir um jogo oficial de castigo e foi dispensado.

A seleção anfitriã do próximo campeonato do mundo foi incluída no grupo A de qualificação, a convite da UEFA, com o intuito de preparar a participação na fase final da competição, sendo este o primeiro de dois embates com os lusos – o segundo está agendado para 09 de outubro, e não há pontos em disputa.

Este é o primeiro embate de sempre entre estas duas seleções. Contudo, a equipa europeia chega a este amigável depois de uma vitória por 2-1 sobre a República da Irlanda (a contar para o apuramento do Mundial2022), enquanto o Qatar foi goleado por 4-0 pela Sérvia num encontro também particular.

Este será um desafio que Fernando Santos poderá aproveitar para dar descanso aos habituais titulares e, por outro lado, observar jogadores com menos utilização na equipa portuguesa.

Onze provável

Fernando Santos pode promover duas estreias absolutas: o guarda-redes Diogo Costa e o médio Otávio, ambos do FC Porto. Os jogadores dos ‘dragões’ foram chamados pela primeira vez à seleção ‘AA’, mas Otávio, que poderá tornar-se no oitavo naturalizado a vestir as cores lusas, terá, eventualmente, mais hipóteses em relação ao colega de equipa, uma vez que, na hierarquia da baliza, tem à frente Anthony Lopes.

No Estádio Nagyerdei, em Debrecen, é expetável que Fernando Santos aposte em Anthony Lopes para a baliza, atrás de uma defesa composta por Nélson Semedo, Domingos Duarte, Rúben Dias e Nuno Mendes.

O meio campo deverá ser formado por Danilo Pereira, Rúben Neves ou João Moutinho e João Mário, enquanto, para a frente de ataque, Francisco Trincão, André Silva e Gonçalo Guedes são os mais fortes candidatos.

Certo é que nenhum jogador luso terá de ver o jogo com os qataris da bancada, já que, neste momento, Fernando Santos conta com 23 jogadores autorizados pela UEFA para constarem na ficha, depois das dispensas de Ricardo Pereira (rendido por Nelson Semedo), Gonçalo Inácio, Pedro Gonçalves (Francisco Trincão) e Cristiano Ronaldo, tendo em conta o lote inicial de 25 eleitos.

As declarações de Fernando Santos e João Moutinho

O selecionador nacional de futebol admitiu que a equipa não tem jogado bem, abordou as lesões de Palhinha e Pepe deixou críticas ao calendário das seleções. Fernando Santos quer ainda deixar a equipa mais fresca para a deslocação de terça-feira ao Azerbaijão, na qualificação para o Mundial2022.

Também João Moutinho garantiu que o seu pensamento continua a estar no presente e que o seu único objetivo é ajudar a seleção portuguesa a qualificar-se para o Mundial2022.

Portugal retoma depois a qualificação para o Mundial2022

O campeão da Europa em 2016 retomará, depois, na terça-feira, em Baku, Azerbaijão, a qualificação do Grupo A, que lidera, com 10 pontos, diante da seleção local, ainda sem qualquer ponto somado.

A fase de grupos da qualificação europeia para o Mundial2022 termina em novembro e o vencedor de cada um dos 10 grupos apura-se diretamente para a fase final. Os segundos classificados vão disputar os ‘play-offs' de apuramento, aos quais se juntarão dois vencedores de grupos da Liga das Nações que não consigam qualificar-se diretamente para a fase final ou para os ‘play-offs'.

O Mundial no Qatar decorrerá fora do habitual período entre junho e julho, devido ao forte calor naquele país nesse período, com a competição de 2022 a estar prevista para as datas entre 21 de novembro e 18 de dezembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.