Adeptos do futebol na província do Cunene sugeriram terça-feira, em Ondjiva, mudanças no onze inicial da seleção angolana que sábado defronta o Uganda, em Kampala, para a quinta jornada do grupo J do apuramento africano para Mundial 2014.

Em declarações à Angop, os adeptos defendem ser importante que o selecionador Gustavo Ferrín faça alterações relativamente a equipa que empatou dia 8 a uma bola com o Senegal, no estádio 11 de Novembro.

Para o estudante Eugénio Chitumba, existem jogadores entre os convocados que tornariam a equipa inicial mais forte do ponto de vista competitivo tais como: Mabiná, Adawa, Mingo Bille, Gomito e Guilherme Afonso.

Disse ter notado fraca produtividade no meio campo da seleção angolana no jogo com o Senegal que, na sua opinião, se deveu a pouca experiência dos jogadores que jogaram naquela posição e ao esgotamento físico, dado o porte físico dos senegaleses.

Janota de Carvalho, funcionário público, defende igualmente mudanças na equipa inicial, acrescentando que, com o empate de sábado último, Angola perdeu a oportunidade de depender de si «por má abordagem do selecionador», ao abdicar de jogadores experientes, sobretudo no meio campo.

«Nada ainda está perdido porque a diferença de dois pontos relativamente ao líder Senegal se mantém», disse, acrescentando que com trabalho, humildade e sorte ainda é possível a qualificação ao Mundial de 2014 no Brasil.

Com a disputa da quarta jornada, os Palancas Negras mantêm-se na terceira posição agora com quatro pontos, os mesmos que a Libéria, em quarto, enquanto o Uganda soma cinco pontos, na segunda posição, menos um que o líder Senegal, que tem seis pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.