Xeka, médio do Sporting da Covilhã, da II Liga de futebol, saiu esta quarta-feira do hospital, depois de sete dias de internamento, devido a um pneumotórax que o vai afastar durante algumas semanas dos relvados.

O tempo de paragem é ainda uma incógnita e vai depender de nova avaliação e da evolução do estado do jogador, de 19 anos, que, para já, vai ficar em casa, afastado dos treinos.

"Não há previsões para o regresso. Poderá ser dentro de um mês, um mês e meio. Para já, ele vai estar em repouso da atividade física, embora podendo fazer uma vida normal", disse hoje o treinador, Francisco Chaló, à agência Lusa.

Francisco Chaló explicou que este “é um processo gradativo” e que o jogador “ainda não vai fazer trabalho de campo”.

“Isso vai ser definido em função do próximo exame. Só a partir daí se poderá iniciar o trabalho de reabilitação", acrescentou o técnico serrano.

Xeka, como é conhecido Miguel Rocha, ainda fez o treino militar com o plantel, durante 24 horas, na Serra da Estrela, que terminou na terça-feira da semana passada.

No dia seguinte, a equipa realizou um jogo de preparação com o Paços de Ferreira e na quinta-feira, 17 de julho, o médio acabou por ser internado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.