O FC Porto B sagrou-se no domingo campeão do segundo escalão do futebol português e no final do encontro Luís Castro enumerou as principais razões do sucesso da segunda equipa 'azul-e-branca' na Segunda Liga.

"Tudo foi possível por trabalhar com uma equipa técnica fantástica: o José Tavares, o João Brandão, o Rui Sá Lemos e o Matos. São pessoas que estiveram sempre presentes nos momentos difíceis que nós tivemos ao longo do ano, apoiados também num 'staff' de 'team managers', departamento de logística e departamento médico que fizeram um trabalho ótimo. É impossível ter uma equipa B a trabalhar a este nível sem toda esta estrutura à volta. E depois os nossos adeptos e os nossos jogadores", começou por dizer o técnico em conferência de imprensa.

"Em relação aos nossos jogadores, tudo vai muito além da sua competência profissional. A componente humana deles é muito boa. Isso permitiu que os jogadores que não estivessem a ser utilizados estivessem a um nível muito próximo daqueles que estavam a ser utilizados. Muitos deles terão carreiras brilhantes e poderão disputar Campeonatos da Europa, do Mundo, "Champions", Liga Europa...não digo com facilidade porque a vida é muito difícil, mas certamente terão esse gosto de chegarem a esse nível do futebol profissional. Fico imensamente satisfeito porque vi muitos deles entrarem no FC Porto com 10 ou 11 anos. Fui diretor técnico deles ao longo de sete anos e tive o prazer de trabalhar com eles nos últimos três anos", realçou o treinador.

O FC Porto B derrotou o Benfica B por 3-1, já depois de ter visto confirmado o seu título devido ao empate do Desportivo de Chaves em Portimão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.