O Cova da Piedade falhou a demonstração de cumprimento salarial exigida pela Liga Portugal por “motivos alheios” à SAD, disse hoje à Lusa uma fonte do clube da II Liga de futebol.

No entanto, o clube da margem sul do Tejo irá apresentar os comprovativos exigidos dentro do prazo regulamentar de 15 dias, assegurou a mesma fonte.

A Liga disse hoje ter notificado o clube do concelho de Almada, além do Académico de Viseu, para fazer a demonstração do cumprimento salarial entre dezembro de 2020 e fevereiro de 2021.

Já há um ano, em 18 de março de 2020, o Cova da Piedade justificou o mesmo tipo de incumprimento com um constrangimento administrativo e de logística relacionado com o primeiro confinamento geral resultante da pandemia de covid-19.

A SAD piedense acabou, nessa altura, por apresentar os comprovativos alguns dias depois, o que foi confirmado pela Liga no início de abril.

Os clubes que não cumprirem este ponto regulamentar ficam sujeitos a penalizações do regulamento disciplinar, com uma das sanções possíveis a ser a perda de pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.