A Assembleia Geral (AG) eleitoral do Gil Vicente, marcada para 30 de março, foi cancelada pela inexistência de listas concorrentes, informou hoje o clube gilista, da II Liga de futebol.

Depois de constatar que até quinta-feira, último dia para a apresentação das candidaturas, não surgiu qualquer candidato, o presidente da Mesa da AG, Duarte Nuno Pinto, decidiu cancelar a reunião magna.

O mesmo dirigente referiu que vai desenvolver todas as diligências para, no prazo de 90 dias, constituir uma lista para ser submetida a sufrágio, cumprindo o artigo 36.º dos estatutos do clube.

Em reunião com Duarte Nuno Pinto, a direção do Gil Vicente, liderada por António Fiusa, aceitou manter-se em funções até à realização do próximo sufrágio, assegurando assim a estabilidade da gestão do clube.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.