A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse hoje ter notificado o Académico de Viseu e o Cova da Piedade, da II Liga, para “fazerem a demonstração do cumprimento salarial” entre dezembro de 2020 e fevereiro de 2021.

Em comunicado, a LPFP confirma que 32 sociedades desportivas cumpriram a obrigação de demonstrar a inexistência de salários em atraso a jogadores e equipa técnica no período indicado.

Os dois clubes em falta devem agora fazer a demonstração “dentro dos prazos regulamentares” de 15 dias, o que para a SAD viseense é uma repetição do que já havia acontecido no trimestre anterior.

Fonte do clube já tinha confirmado a notificação à Lusa, tendo garantido que vai cumprir durante a próxima semana os pressupostos necessários com a entrega da documentação exigida.

Os clubes que não cumprirem este ponto regulamentar ficam sujeitos a penalizações do regulamento disciplinar, com uma das sanções possíveis a ser a perda de pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.