O Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, iniciou um conjunto de homenagens a Neno, antigo guarda-redes e dirigente do clube que morreu em 10 de junho, aos 59 anos.

O emblema minhoto entregou camisolas com o nome do antigo internacional português ao Hospital Senhora da Oliveira, de Guimarães, ao núcleo regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro, ao Estabelecimento Prisional de Guimarães e a quatro instituições de solidariedade social do concelho, numa cerimónia decorrida no Estádio D. Afonso Henriques.

O presidente do Vitória, Miguel Pinto Lisboa, realçou que o gesto simbólico visa "eternizar" a memória de Neno na história de cada uma das instituições agraciadas e lembrou que o antigo jogador transmitia "uma mensagem de humanidade e de solidariedade" que se deve "preservar e prolongar".

Natural da Cidade da Praia, em Cabo Verde, Adelino Barros, conhecido como Neno no futebol, formou-se no Barreirense e representou Vitória de Guimarães, Benfica e Vitória de Setúbal, tendo contabilizado nove internacionalizações com a camisola da seleção das 'quinas'.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.