O Sporting defronta esta quarta-feira o Belenenses SAD no encontro que fecha a Jornada 20 da I Liga e, na conferência de imprensa de antevisão ao encontro, o treinador dos leões, Rúben Amorim, falou sobre as chegadas de Islam Slimani e Marcus Edwards, contratados em cima do fecho do mercado de transferências de inverno.

"Em relação ao Slimani, é um avançado diferente. Nos cruzamentos faltou-nos muitas vezes uma referência no centro do ataque. É um jogador que chega a custo zero, já conhece o clube, faz golos, tem 33 anos, mas hoje em dia com 33 anos podemos dizer que é um jogador jovem. É uma boa solução para a equipa neste momento. Já tivemos oportunidade de o contratar antes, mas eu não quis, afinal, entretanto a nossa forma de jogar também mudou. Jogamos de uma forma em que precisamos de uma referência para ganhar jogos", explicou sobre a chegada do avançado argelino, antes de falar do outro reforço de inverno.

"O Edwards já estava referenciado desde o ano passado, mas não havia condições financeiras. Agora houve, o jogador também queria muito vir. Ele é um jogador muito introvertido e fico muito feliz que venha para cá. O Slimani é para contar para a próxima época também e o Edwards para várias épocas. Estamos muito satisfeitos com as contratações", sublinhou.

Ainda sobre o mercado de transferências, Amorim falou também da saída de Luis Díaz do FC Porto. "Não estou preocupado com o que os rivais fazem. Na nossa casa temos um plano e cumprimos esse plano. No final do ano veremos se estamos mais fortes ou não. É um grande jogador e que enriquecia a I Liga, mas agora foi para o Liverpool e vamos ter a oportunidade de o ver pela televisão. Faz parte do caminho dos clubes portugueses. Ajudar a formar e a vender jogadores.", referiu apenas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.