A presença do avançado Rodrigo Pinho no relvado foi a novidade de hoje do treino da equipa de futebol do Benfica, que decorreu no Centro de Estágio do Seixal.

O avançado brasileiro, que representava o Marítimo, tem estado a recuperar de lesão, mas, segundo o Benfica, já esteve presente nos trabalhos que decorreram no relvado, orientados pelo técnico Jorge Jesus.

A equipa continua os trabalhos de pré-época, depois de na quarta-feira ter vencido (2-0) o Sporting da Covilhã, da segunda Liga, com golos de Paulo Bernardo e Chiquinho, no segundo jogo particular da nova época.

À margem dos trabalhos da equipa, a atualidade do clube está a ser marcada pela detenção de Luís Filipe Vieira.

O empresário e presidente do Benfica foi um dos quatro detidos na quarta-feira numa investigação que envolve negócios e financiamentos superiores a 100 milhões de euros, com prejuízos para o Estado e algumas sociedades, devendo ser ouvido em primeiro interrogatório judicial durante a tarde de hoje.

Segundo o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) estão em causa factos suscetíveis de configurar “crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento de capitais”.

Para esta investigação foram cumpridos cerca de 45 mandados de busca a sociedades, residências, escritórios de advogados e uma instituição bancária em Lisboa, Torres Vedras e Braga. Um dos locais onde decorreram buscas foi a SAD do Benfica, que, em comunicado, adiantou que não foi constituída arguida.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.