O treinador de futebol do Belenenses SAD, Petit, afirmou hoje que pretende conquistar a primeira vitória da temporada esta segunda-feira frente ao Paços de Ferreira, em jogo da sétima jornada da I Liga.

Petit, que falava em conferência de imprensa de antevisão ao encontro com os 'castores', reconhece que o adversário tem “boa qualidade individual e coletiva”, mas isso não retira ambição aos 'azuis', que vêm de três empates consecutivos.

“Acredito que podemos vencer. Temos três empates consecutivos e poderíamos ter ganho em dois deles, porque acabámos por ceder o empate nos instantes finais [Moreirense e Gil Vicente]. Sabemos que vamos defrontar uma equipa forte, mas temos uma ambição enorme. Uma vitória permite-nos dar o salto na tabela e dá confiança à equipa”, começou por dizer.

Depois de ter completado 45 anos este sábado, o treinador afiançou que a conquista dos três pontos seria a melhor prenda que poderia receber.

“Sinto que os jogadores, apesar de ainda não termos ganho, têm a ambição para o conseguir. Esperamos ser uma equipa ambiciosa pelo que temos vindo a crescer. Do outro lado, vamos defrontar uma equipa com boa qualidade individual e com um bom coletivo. Estamos a trabalhar para dar uma boa resposta nos jogos e isso é ir para o jogo com o objetivo de vencer”, afirmou.

Fruto da expulsão na derrota (2-1) frente ao Boavista, o Paços de Ferreira não poderá contar com o influente Stephen Eustáquio, uma baixa que, para Petit, não irá mudar a forma como os 'castores' irão abordar a receção ao Belenenses SAD.

“Não acredito que a ausência de Eustáquio vá mudar muito a forma de jogar do Paços de Ferreira. É uma equipa que pressiona muito alto, que tem jogadores altos na frente. Estamos preparados para este tipo de situações”, garantiu.

Com graves falhas no ataque – esta temporada apenas marcou três golos -, o Belenenses SAD tem necessidade de dar a volta a esta situação. Petit admite que as saídas de Varela (FC Porto B), Miguel Cardoso (Kayserispor) e Cassierra (FK Sochi) estão ainda a ser colmatadas.

“Este ano fomos buscar jogadores nos últimos dias de mercado. O problema não está só no ataque, porque para o alimentar temos de trabalhar melhor atrás. Temos de levar mais gente na frente. Estamos a trabalhar para isso acontecer”, admitiu.

Depois de andar com a 'casa às costas', já que esta temporada o Belenenses SAD tem jogado, como Petit frisou, “em campo neutro”, tudo indica que o encontro com Santa Clara, na 10.ª jornada, já deverá ser no Estádio do Jamor, em jogo agendado para às 18 horas de 31 de outubro.

O Belenenses SAD, último classificado da I Liga, com três pontos, defronta esta segunda-feira o Paços de Ferreira, oitavo, com oito, em igualdade com o Boavista, em jogo da sétima jornada que será arbitrado por Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.