Pedro Proença já reagiu ao comunicado do Governo, que garante a continuidade do futebol profissional neste próximo período de confinamento. O líder da Liga de Clubes sublinha que a decisão do Governo de António Costa é "a mais sensata e legítima".

Eis a publicação de Pedro Proença nas redes sociais

"Confirmando a nossa firme convicção, o Futebol Profissional vai prosseguir a sua atividade, apesar do novo período de recolhimento obrigatório que teve de ser decretado, por força do aumento exponencial dos números decorrentes da pandemia no nosso país.

Esta acaba por ser a decisão mais sensata e legítima, corolário de toda uma atitude responsável, rigorosa e previdente adotada pela Liga Portugal e pelos seus clubes e profissionais. Foi este, de resto, e em diálogo permanente com as autoridades sanitárias e governamentais, o desígnio assumido transversalmente desde o início pelo Futebol Profissional: testar, prevenir, proteger.

Tendo mantido ao longo de todo o processo um comportamento absolutamente exemplar e adotado todas as medidas para manter em segurança todos os envolvidos, faz todo o cabimento que as três competições profissionais (Liga NOS, Liga Portugal 2 SABSEG e Allianz Cup) sejam autorizadas a prosseguir a sua atividade.

De salientar ainda, no âmbito de toda esta conjuntura muito particular, todo o esforço desenvolvido e o trabalho absolutamente meritório e, acima de tudo, competente desenvolvido e realizado pela Federação Portuguesa de Futebol.

Os tempos são de particular apreensão e todo o país estará sujeito a exigentes sacrifícios em prol de valores mais altos: a saúde pública e o bem-estar comum.

Que seja pelo melhor!"

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu hoje que a I Liga portuguesa de futebol e "ligas equiparadas" vão manter-se em atividade durante o novo confinamento geral, devido à pandemia de covid-19.

"Relativamente às atividades desportivas, as [restrições e encerramentos] de lazer são mantidas, com as exceções no mesmo regime de março e abril. Sobre a Liga profissional [de futebol] e ligas equiparadas às profissionais, são mantidas em atividade, obviamente sem público", declarou António Costa no final da reunião do Conselho de Ministros, durante a qual foram decididas as medidas do novo confinamento.

Segundo um documento distribuído durante o ‘briefing' do chefe do Governo, será permitido exercício individual ao ar livre, com ginásios e outros recintos desportivos encerrados.

O outro ponto dedicado ao desporto aponta que possam continuar em atividade "seleções nacionais e primeira divisão sénior sem público".

Seguindo as medidas que já têm sido aplicadas, e além das seleções nacionais, continuam em funcionamento a I e II Ligas de futebol masculino, o Campeonato de Portugal, primeiro escalão da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), a Taça de Portugal e a Taça da Liga, a I Liga feminina, e as primeiras divisões sénior, masculinas e femininas, de cada modalidade, seguindo sem público nas bancadas.

"Determina-se o encerramento de um alargado conjunto de instalações e estabelecimentos, incluindo atividades culturais e de lazer, atividades desportivas (salvo a prática de desportos individuais ao ar livre e atividades de treino e competitivas) e termas", pode ler-se no comunicado do Conselho de Ministros.

O nono Estado de Emergência foi aprovado hoje no parlamento e entra em vigor na quinta-feira, mantendo-se em vigor até 30 de janeiro.

Portugal ultrapassou hoje os 500 mil casos de infeção com o novo coronavírus registados desde o início da pandemia, em março de 2020, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim epidemiológico da DGS, com o registo de 10.556 novos casos nas últimas 24 horas, Portugal atingiu hoje os 507.108 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, que provoca a doença covid-19.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.