O avançado Pedro Nuno abandonou o Moreirense, depois de ter terminado um vínculo contratual de três temporadas com os minhotos, anunciou hoje o ex-futebolista do oitavo colocado da última edição da I Liga.

“Foram três épocas de Moreirense ao peito. Infelizmente, esta época não terminou da maneira que desejava, mas saio de consciência tranquila e com a certeza de que tudo fiz e dei por este clube. Orgulhoso por fazer parte da sua história. Obrigado, Moreirense. Em breve estarei de volta e com mais vontade”, escreveu o dianteiro nas redes sociais.

Pedro Nuno, de 26 anos, deixa o emblema da vila de Moreira de Cónegos com 12 golos em 70 encontros, na sequência de uma temporada marcada por uma rotura dos ligamentos do joelho direito, que o afastou dos relvados desde novembro de 2020.

Formado entre Buarcos, Naval 1.º de Maio, Benfica e Académica, o extremo atravessava um dos melhores momentos, com três tentos em sete aparições, numa carreira em que abandonou a ‘briosa’ em 2016/17 para ingressar nos quadros do Benfica, que o cedeu durante duas temporadas ao Tondela, antes de rumar a título definitivo ao Moreirense.

Os ‘cónegos’ terminaram a edição 2020/21 da I Liga no oitavo lugar, com os mesmos 43 pontos do Vitória de Guimarães, a três da última vaga de acesso às provas europeias da próxima temporada, igualando 2019/20, a segunda melhor prestação em 11 presenças na elite.

Na semana passada, o treinador João Henriques, que orientou o Vitória de Guimarães em 2020/21, assumiu estar em negociações avançadas para substituir Vasco Seabra no comando do Moreirense, negociações que ainda não foram oficializadas pelo clube.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.