Declarações de Pako Ayestarán, treinador do Tondela, à Sport TV, após a derrota com o Benfica.

Análise ao jogo: "O Benfica foi muito forte, não conseguimos ser atrevidos na nossa pressão. Permitimos muito jogo interior. A segunda parte foi muito diferente, encurtámos os espaços e tivemos oportunidades para reentrar no jogo. No primeiro tempo não contestámos o jogo e na segunda podíamos ter marcado. Tivemos duas ou três situações para fazer golo".

Reação na 2.ª parte: "Gostei da reação da equipa, temos de perceber que em alguns momentos temos de ser atrevidos. […] Se tivéssemos feito golo reentrávamos na partida. Isso teria mudado o jogo. Fico com a reação da equipa no segundo tempo."

Jogo com Boavista: "Agora mesmo não penso no Boavista, penso em recuperar os jogadores e no próximo treino, segunda-feira. Estamos aqui pelo que temos feito dia a dia".

O Benfica venceu esta sexta-feira em casa do Tondela por 2-0, em jogo da 30.ª jornada da I Liga de futebol. Com esta vitória, o Benfica reforça o terceiro posto, com 66 pontos, mais oito do que o Sporting de Braga, quarto, enquanto o Tondela está num tranquilo nono lugar, com 35 pontos.

Bastaram 20 minutos aos 'encarnados' para definirem o rumo do encontro, com golos de Pizzi, aos 12 minutos, e de Everton, aos 19, frente a um Tondela que ainda equilibrou a contenda, mas não conseguiu bater o último reduto contrário.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.