Luís Castro, técnico do Shakhtar, reconheceu que a equipa não esteve à altura na partida frente ao Inter a contar para as meias-finais da Liga Europa.

"Tivemos sempre muitas dificuldades em ultrapassar a primeira pressão do Inter e isso desequilibrou sempre as nossas intenções no jogo ofensivo. A partir do 2-0 senti que a equipa não conseguia reagir àquele momento e o resultado avolumou-se. É um dia muito negativo para nós e isso deixa uma marca na época que não queríamos. O Inter ganhou e ganhou bem e nós não estivemos ao nível do que o jogo exigia", afirmou.

"Enquanto treinador assumo por completo a derrota do Shakhtar, mas não deixo de evidenciar e louvar o caminho que os meus jogadores fizeram até hoje", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.