Júlio César continua muito atento à realidade do futebol português, numa altura em que está perto de fazer um anos desde que rescindiu o contrato com o Benfica. Já retirado das competições oficiais, o guarda-redes diz os 'encarnados' vão ser capazes de dar a volta ao momento menos bom de forma.

"Está complicado mas há muito para acontecer até final da época. Num clube como o Benfica, habituado a conquistar títulos, a cobrança é muito grande. Basta haver dois ou três percalços e a cobrança é enorme. Mas vai acontecer muita coisa até final da temporada", disse o brasileiro, em declarações à Sport TV.

O antigo dono das redes 'encarnadas' deixou elogios a Odysseas Vlachodimos, mas alerta para a qualidade de Svilar e Bruno Varela.

"Está a fazer um bom trabalho. O Benfica está bem servido, não só com ele mas também com Svilar, que apesar de ser jovem já demonstrou que tem qualidade para estar no Benfica, e Bruno Varela", afirmou, antes de falar do caso do guarda-redes português:

"É estranho, mas o futebol é momento e preferência. Se o Rui Vitória optou neste momento por outro guarda-redes, temos de respeitar a decisão dele."

Júlio César disse ainda que compreende a decisão de Luisão de colocar um ponto final na carreira de futebolista, realçando a "história linda e de muitas conquistas" do compatriota.

"Quando se fala de Benfica não tem como não lembrar do Luisão. Passei há pouco tempo pelo mesmo [final de carreira], sei o quanto é difícil... Ninguém melhor do que ele sabia qual o melhor momento para parar. É uma bandeira do clube", salientou.

"Fiz questão de estar presente na despedida dele, foi uma homenagem muito bem feita. Está de parabéns o Benfica e Luís Filipe Vieira, parceiro dele nessa longa caminhada de sucesso no Benfica", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.