Jorge Jesus, treinador do Benfica, deixou críticas à arbitragem de Artur Soares Dias e elogios à exibição da equipa das águias, que considerou que foi a única que jogou para a vitória.

"Mais oportunidades do Benfica, principalmente na última meia hora. Na primeira parte, o Benfica faz o 1-0 e depois do FC Porto fica melhor do que nós. Na segunda parte foi sempre mais Benfica, principalmente nos últimos 20 minutos. Penálti que não é penálti, expulsão que tem de ser e não acontece. Foram muitas decisões que foram sempre contra o que o Benfica fez no jogo. Quero dar os parabéns aos jogadores do Benfica, porque souberem sempre, mesmo depois do jogo, passar por uma fase melhor", disse, na flash interview da BTV.

"Tivemos tanta bola para fazer golo, não conseguimos, mas os momentos decisivos do árbitro... A bola do Pepe é o segundo amarelo. Acabamos por meter a bola em jogo, não deixa meter a bola em jogo. E há pormenores em que sentimos para onde está a balança, mas foi pena. O FC Porto jogava para dois resultados e foi à procura de somar aqui um ponto. Nós precisávamos de ganhar os três pontos, mas não podemos dizer nada à equipa, porque fez tudo para ganhar o jogo", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.