O Marítimo dá o pontapé de saída na I liga, em casa, diante do Sporting de Braga, no sábado, às 20:30.

“Vamos encarar todos os jogos para ganhar e este não vai ser diferente. Vamos mostrar o nosso futebol, tentar praticar o nosso jogo e ganhar”, frisou a oitava contratação de 12 oficializadas pelos ‘verde rubros’ na fase inicial da época.

O médio defensivo, de 23 anos, garantiu que apesar do desaire na Taça da Liga – eliminação diante do Boavista, por 1-0 – ficou “bem patente quais os objetivos” para esta época, porque a equipa mostrou “querer ter bola e ser protagonista do jogo”.

O encontro diante dos ‘axadrezados’ ficou marcado pelo regresso dos adeptos aos estádios na Madeira, após um ano e quatro meses.

“Foi muito bom. Já não sentia esse ambiente há muito tempo, ainda mais um ambiente como o do Marítimo. Queremos continuar a ter este apoio nos próximos jogos”, salientou.

O atleta português chega do Benfica, único clube que havia representado até então.

No escalão sénior atuou pela equipa B das ‘águias’ e fez, igualmente, algumas participações nos sub-23, mas sublinha que Marítimo é um “passo em frente”.

“Sempre vi o Marítimo com bons olhos, um grande clube, com uma grande história e, acho que foi um passo em frente que eu dei para a minha evolução enquanto jogador”, afirmou Diogo Mendes, que vai estrear-se na I Liga ao serviço dos ‘leões do Almirante Reis’.

O jogador que atua no meio-campo destacou que o grupo “está a gostar das ideias” de Júlio Velázquez e que o foco está em “trabalhar para começar bem o campeonato”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.