Daniel Ramos, técnico do Santa Clara, analisou o empate frente ao Benfica.

Começar o ano com o pé direito

"Sim, muito respeito pelo Benfica, medo não. Primeira parte o Benfica foi melhor, a nível ofensivo não produzimos o que queríamos. O Benfica controlou, mas fez o golo e nada mais. Na segunda parte melhorámos, acabou por ser um jogo rico taticamente. (...) Na segunda parte fomos mais agressivos, mais Santa Clara. Conseguimos ser mais objetivos, fizemos uma ótima segunda parte, conseguimos chegar ao empate. Quanto a mim ficou um penálti por marcar (lance entre Gilberto e Jean Patric). Uma segunda parte boa, sofremos um bocado na parte final. Acho que o resultado é ajustado."

Vitória era o objetivo

"Bom era ganhar, mas é uma forma positiva de começar o ano, atendendo ao adversário. Um empate não é mau. É aceitável e ajustado. Na segunda parte podíamos ter tido mais estrelinha."

Lesão de Jean Patric

"Ainda não consegui saber."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.