André Almeida, jogador do Benfica, fez esta segunda-feira, na Sport TV, o balanço da época dos encarnados, que culminou com a conquista do título de campeão nacional no passado sábado, e destacou as mudanças que existiram entre a saída de Rui Vitória e entrada de Bruno Lage.

"Nós acreditamos sempre muito no nosso valor e no nosso trabalho. Às vezes, as coisas não saem como queremos em alguns momentos da época, mas penso que isso também é normal. Nós acreditámos muito que ainda tínhamos uma palavra a dizer. Podíamos, ou não, ser campeões, mas acreditávamos muito no nosso valor e no nosso trabalho", começou por referir.

O lateral direito e capitão dos encarnados sublinhou ainda que a a troca de treinadores, entre Rui Vitória e Bruno Lage, acabou por ser decisiva para a conquista do título.

"Não tem a ver com as competências de um e de outro, até porque o valor do mister Rui ficou comprovado ao ser campeão na Arábia Saudita. Mas, tanto no futebol como na vida, às vezes, é preciso mudar para respirar novos ares e acho que essa mudança acabou por ser positiva porque demos uma melhor resposta. O mister Bruno veio incutir-nos muito daquilo que é o futebol em estado puro: a alegria a jogar, o futebol atacante, o vibrar em campo e a partilha com os nossos companheiros de equipa. Tudo isso foi bom para nós e tirou-nos algum peso de cima dos ombros, o que transportou-nos para uma segunda volta brilhante, uma das melhores da história, penso", prosseguiu, antes de falar sobre o seu futuro.

"Eu tenho contrato até 2021 e estou muito satisfeito aqui no Benfica. Se tiver que prolongar até ao resto da minha carreira, assim o farei com certeza", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.