Declarações de Rúben Amorim, treinador do Sporting, à Sport TV, após a vitória do Sporting por 3-0 sobre o Vizela

Análise ao jogo: "Entrámos bem no jogo, sabíamos que o Vizela na primeira parte ia tapar muito os espaços, eles defenderam bem, com muitos jogadores, fizemos o Vizela correr e podíamos ter feito golo na primeira parte. Falhámos um penálti, criámos ocasiões e depois de fazermos o primeiro ficou tudo mais fácil. Houve um momento que depois do primeiro que desligámos um pouco, mas a vitória é completamente justa."

Estreia de Rúben Vinagre: "Demonstrou a capacidade que tem ofensivamente, às vezes chegou na frente. Teve dificuldades físicas, já sabíamos, portou-se muito bem, confirmou o que já sabíamos. Agora tem de tabalhar muito para ser opção e para crescer".

O Sporting ainda tem muito que melhorar? "Obviamente, principalmente na finalização. Já estivemos muito bem na posse, contra equipa que veio agora para a Primeira Divisão. Ansiedade, até nós tivemos, imagino a deles. Tivemos paciência com a bola, mesmo com adeptos, o que é bom. Mas vamos melhorar".

Regresso dos adeptos: "Custou mais ao Pedro Gonçalves [a adaptar-se]. Gostei, já tenho alguns anos como profissional no futebol. A velocidade do jogo é diferente. A única limitação é que não consigo falar com jogadores. Não me ouvem ou fingem que não me ouvem".

O campeão nacional Sporting iniciou esta sexta-feira da melhor maneira a defesa do título, ao receber e vencer o recém-promovido Vizela por 3-0, no jogo de abertura da I Liga de futebol. Depois de um nulo verificado ao intervalo, os 'leões' entraram decididos na etapa complementar e Pedro Gonçalves, melhor marcador do campeonato na época passada, desbloqueou o resultado, ao marcar aos 51 minutos, tendo 'bisado' no encontro, aos 64, antes de Paulinho, aos 74, sentenciar a partida frente ao Vizela, que está de regresso à I Liga 36 anos depois.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.