Ao contrário do Sheffield Wednesday, o Plymouth Argyle, que alinha no quarto escalão do futebol inglês, bateu o pé ao Liverpool, impondo em empate 0-0 aos ‘reds’ e obrigando à realização de um segundo jogo, enquanto o rival Chelsea goleou por 4-1 o Peterborough, do terceiro escalão.

A equipa orientada por Carlos Carvalhal jogou meia hora em superioridade numérica, devido à expulsão de Daniel Ayala aos 60 minutos, mas foi incapaz de contrariar o favoritismo do Middlesbrough, materializado com os golos de Grant Leadbitter, aos 58, Alvaro Negredo, aos 67, e Marten de Roon, aos 90+1.

O Chelsea também terminou o jogo reduzido a 10 jogadores, devido à expulsão do histórico John Terry, aos 67 minutos, mas não teve igualmente dificuldade para bater o Peterborough, com um ‘bis’ de Pedro (18 e 75) e golos de Michy Batshuayi (43) e Willian (52), tendo os visitantes reduzido por Tom Nichols (70).

Do Liverpool, mesmo apresentando uma equipa desfalcada dos habituais titulares, era esperado mais na receção ao Plymouth, que conseguiu manter o colosso britânico a zeros e, dessa forma, levar para o seu estádio a decisão do apuramento para a quarta ronda da prova.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.