No final de setembro, a junta diretiva da Federação inglesa (FA) de futebol aprovou um plano para vender o estádio londrino de Wembley ao empresário Shahid Khan por 672 milhões de euros. Esta quarta-feira a Federação anunciou que o empresário norte-americano retirou a proposta.

Shahid Khan decidiu dar um passo atrás por considerar que a proposta pelo Estádio de Wembley não era consensual e estava a dividir o mundo do futebol.

Aos 672 milhões de euros, iriam juntar-se mais 335 milhões ligados a futuros benefícios não especificados do estádio.

Khan, dono dos ingleses do Fulham e da equipa de futebol americano Jacksonville Jaguars, da National Football League (NFL), tinha apresentado a oferta para adquirir o estádio no mês de abril. O empresário pretendia utilizar Wembley como um dos campos dos Jacksonville Jaguars, iria disputar os encontros da NFL.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.